O blog da concelhia da JSD de Aguiar da Beira...o blog de todos os jovens do concelho de Aguiar da Beira...o blog de todos os jovens interessados por política...o teu blog!!!
.posts recentes

. Reunião CPC JSD Aguiar da...

. DIA "J": Paintball, Mesa-...

. Dia "J" - 3 de Março - Ag...

. Novo ano...vida nova: Faz...

. II Congresso da Interiori...

. Diálogos pela WEB

. A JSD no parlamento a rep...

. Eleita nova Comissão Polí...

. Uma intervenção para pens...

. Dia 5 de Junho vota PSD, ...

.arquivos

. Março 2013

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011
II Congresso da Interioridade da JSD

Terminou este Domingo, em Cinfães o 2.º Congresso da Interioridade da JSD, sob o tem “O Interior também é Portugal”. Foram dois dias de trabalho contínuo, com mais de cem participantesde todos os distritos do país, que discutiram seriamente os problemas do Interior, desde a disparidade de desenvolvimento relativamente ao Litoral e à desertificação.

Marcaram presença neste Congresso o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Eng. Paulo Júlio, oDeputado Pedro Saraiva, e o encerramento foi feito esta tarde pelo Secretário-Geral do PSD, Deputado José Matos Rosa.

Três grupos de trabalho - um sobre Educação, outro sobre Emprego e Empreendedorismo e outro sobre a Reforma Administrativa e a Coesão Territorial – analisaram a realidade nestes três âmbitos e chegaram a propostas muito concretas. Eis algumas das conclusões:

Educação

  • Reorganização da rede de Ensino Superior - especializando apenas numa área cada pólo de ensino já existentes no interior, desenvolvendo, assim, a qualidade do ensino.
  • Criar equivalência de descontos ou eventuais isenções nas SCUTS semelhantes às dos residentes para os estudantes universitários que se deslocam para as Instituições de Ensino no Interior.
  • Valorização do ensino e das escolas profissionais, adaptando-as à realidade das necessidades locais.

Emprego e Empreendedorismo:

  • Cultura de empreendedorismo nas escolas - é necessário dar-se ferramentas, competências e capacidade analítica para empreender logo a partir do ensino básico e secundário;
  • Logo de base - os manuais escolares valorizem todas as profissões, não privilegiando umas por outras; acabar com o estigma de algumas profissões que hoje escasseiam e que podem ser rentáveis e úteis para os jovens em termos de perspectivas futuras de empregabilidade;
  • Incubadoras de empresas de base local - aproveitar o QREN para apoiar as autarquias a reutilizar edifícios desocupados para criar centros de serviços partilhados, potenciando e facilitando a criação de empresas nos concelhos de baixa densidade populacional;

 

Reforma Administrativa e Coesão Territorial

  • Aposta forte na intermunicipalidade, valorizando projectos que abranjam mais do que uma autarquia;
  • Promoção conjunta de produtos endógenos;
  • Portugal é o país mais centralista da Europa, havendo necessidade de desenvolver a descentralização.

A JSD discutiu a realidade do país com o intuito, construtivo, de discutir e propor soluções que promovam o desenvolvimento do Interior, e para que, consequentemente, todo o país, no seu todo, também se desenvolva. É esta a atitude responsável que a JSD entende e que quer prestar ao País.

Está é uma Geração Jovem que quer o melhor para Portugal, que participa e se preocupa com o presente, de forma a resgatar o seu futuro.

No encerramento, o líder da JSD Duarte Marques lembrou que o “o interior também Portugal. A JSD apresenta um conjunto de reformas que podem ajudar a dar mais qualidade de vida às populações do interior do país”.

Duarte Marques acusou ainda o Ex Primeiro Ministro de tentar “continuar a prejudicar o país, caso seja verdade a notícia hoje divulgada, que estaria a pressionar os Deputados do PS para rejeitarem o Orçamento de Estado para 2012, apenas com o propósito de não assumirem os erros da sua governação”.

“É por estas razões que não nos calaremos em pedir que sejam responsabilizados pelos actos que prejudicaram o futuro de tantas gerações”.

publicado por JSD Aguiar da Beira às 19:54
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
Diálogos pela WEB

Como sempre temos referido, as novas tecnologias e em particiular a internet e as redes sociais podem ser de extrema utilidade na divulgação de boas iniciativas e no modo de fazer boa politica, estando mais perto das pessoas e em permanente diálogo com estas.

Assim de seguida deixamos alguns comentários que tivemos com alguns jovens que tiveram o bom senso e a boa iniciativa de nos contactarem e de nos mostrarem os seus pontos de vista, assim como as suas críticas. assim com estas respostas podemos mostrar quais as nossas ideias orientadoras, assim como medidas que pretendemos implementar e que defendemos para que sejam aceites pela nossa comunidade.

 

Face aos tempos actuais:

"Temos que "apertar o cinto" e fazer sacrifícios devido a erros muitos graves cometidos no passado, tanto por elementos de um ou dois partidos. No entanto o que tentamos mostrar é que o anterior governo socialista fez erros a mais, não desmascarou os problemas existentes, ocultando-os ou ainda agravando-os.
Respondendo ainda ao comentário, discordamos numa coisa: os políticos NÃO são todos iguais. No passado existiram aqueles que não se preocuparam com o futuro e não tiveram uma responsabilidade intergeracional...de agora em diante quem quer que seja e que queira estar no político tem que ter essa mesma responsabilidade. No entanto na tua profissão também devem haver bons e maus profissionais!? Se bem que na política realmente deveriam haver apenas bons...mas infelizmente existem várias formas de ludibriar o sistema.
Já variadas vezes salientamos que temos que trabalhar todos em conjunto, e que nestes tempos, a solução será reunirmos esforços e remarmos todos para o mesmo lado. Tentar achar convergências e fazer com que se apliquem as medidas mais correctas, mais bem estudadas e planeadas. No entanto não podemos esquecer os erros do passado...é nesse sentido que alertam alguns dos nossos posts.
Nós já há muito tempos atrás, quer aqui no nosso facebook ou no nosso blog, preocupamo-nos e falamos acerca do emprego jovem que tem que ser criado no nosso concelho, que é necessário adoptar outras medidas e os nossos jovens têm que adoptar medidas empreendedoras! Aí também somos nós que pedimos a participação dos jovens aguiarenses! Aí não perdemos tempo a deitar ninguém abaixo, mas sim a tentar fazer a diferença, dar ideias e a ajudar."


Medidas que defendemos no presente e que gostariamos de fossem discutidas e implementadas no nosso concelho:

"Algumas medidas que apresentamos e que já tentamos colocar em prática é um incentivo ao empreendedorismo jovem, dar a conhecer instituições a associações que nos podem ajudar a criar o nosso próprio emprego e negócio; apostar no ensino profissional para que assim haja já uma profissionalização dos nossos jovens e que tenham ferramentas úteis para entrar no mundo laboral; que exista uma taxa de IRC baixa ou nula para os jovens empresários, assim como medidas de incentivo à fixação de pessoas nas nossas localidades, existindo bolsas para quem contribuir para a natalidade no concelho, assim como bolsas para os melhores alunos e melhores projectos; defendemos também que deve haver novamente uma aposta na agricultura, devendo-se explorar novamente os campos desertos, havendo formação adequada, assim como um cooperativismo. Agora  estas são algumas das nossas ideias, que temos proposto, mas em muito dependem da autarquia e ainda mais do governo central!
Em relação aos "rendimentos mínimos" e "subsídios" concordamos que não há uma justiça social, nem há uma consciência comunitária por parte de muitos dos nossos cidadãos, e aí pagam os justos pelos pecadores. Seremos sempre solidários e a favor daqueles que tentam lutar por algo e que se esforçam por tal e não por aqueles que tentam ludibriar o estado, enganar o outro e que tentam viver às custas de várias pessoas que trabalham. Lutamos para que haja essa justiça social, que quem necessite tenha mesmo tudo o que tem direito, assistência à família, à alimentação; à saúde e a um emprego. Tem que existir uma comunidade atenta aqueles que necessitam e àqueles que nada fazem pela sociedade...aí essa regulação não depende de nós, nós apenas defendemos que ela exista!"

 

 

Cumprimentos

CPS JSD Aguiar da Beira

 

 

 

 

 

 

 

publicado por JSD Aguiar da Beira às 15:28
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds